FLYLADY: 10 PASSOS PARA VOCÊ INICIAR NO MELHOR MÉTODO DE ORGANIZAÇÃO DA CASA

Você já conhece o método de organização FlyLady?

A gente achou este método tão sensacional, que decidiu pesquisar mais um pouquinho e trazer pra vocês!

O texto é do Blog Minha Casa Organizada e explica tudo tão direitinho, que você vai adorar. Se ficar com alguma dúvida, comente aqui que vamos tentar te ajudar!

 

FLY O QUE?

 

Fly Lady é um método de organização criado pela americana Marla Cilley baseado principalmente em rotinas e lembretes, que tem como objetivo diminuir o tempo gasto nas tarefas domésticas, aumentando assim o tempo a ser dedicado ao lazer. Para isso, o sistema prega a definição prévia de tarefas de curto prazo (máximo de 15 minutos) que devem ser realizadas sem preocupação com o perfeccionismo. Ideal pra gente que não tem tempo pra nada! Uma das ideias principais da Fly Lady é progredir aos poucos, o que significa implementar um hábito de cada vez. É o que ela chama de baby steps (passos de bebê).

Curiosidade: FLY é a abreviatura de Finally Love Yourself (Finalmente amando a si mesma).

 

PRE-PA-RA!

 

Inscreva-se no site oficial 

Se você entende a língua inglesa, visite o site oficial da Fly Lady no endereço www.flylady.net. Lá você tem acesso a muita coisa interessante, além de poder se inscrever para receber e-mails diários com lembretes e dicas.

Providencie material necessário

Antes de começar, eu sugiro que você separe algumas coisas simples que vai precisar ao longo do seu progresso no sistema, são elas:

  • Uma agenda (compre uma de papel ou escolha uma online, eu uso o Google Calendar)
  • Um fichário simples e algumas folhas de papel (use um fichário velho que tiver em casa ou escolha alguma plataforma online. O Evernote é uma boa opção.)
  • Um timer (sugiro que utilize a função timer do seu celular)

CHEGA DE BLABLABLÁ E VAMOS AOS 10 PASSOS

1- FAÇA SUA PIA BRILHAR

A Fly Lady diz que a cozinha é o coração de uma casa. E é verdade, né? Cozinha arrumada passa a impressão de uma casa minimamente sob controle. É por isso que a primeira atitude que ela nos sugere adotar é fazer a pia brilhar todos os dias! Na primeira vez, lave toda a louça e dê um belo banho na pia usando seus produtos favoritos de limpeza. Depois seque-a com pano ou papel toalha.

Aproveite e cheque as esponjas, veja se estão em bom estado de uso. Se não, jogue fora e coloque novas no lugar. Lembre-se de ver também como está a situação do pano de prato. Se estiver sujo, substitua-o por um limpo. Você não precisa (nem deve) fazer tudo isso todos os dias, apenas lave toda a louça, seque a pia e cheque o pano de prato.

2- VISTA-SE E CALCE SAPATOS

Nada de acordar e ficar andando pela casa de pijamas e toda descabela. Estudos dizem que se você se veste adequadamente, você envia uma mensagem ao cérebro que está pronta para o trabalho. Além disso, se você estiver vestida de forma adequada, não haverá correria se precisar buscar algo na rua ou atender a porta, não é mesmo? Se tiver costume e se sentir bem, faça uma maquiagem leve.

A Fly Lady nos diz para colocar sapatos de amarrar, eu não sigo essa parte, apenas coloco um chinelo bonitinho ou uma sandália baixa que seja tão confortável quanto.

3- ESCREVA LEMBRETES PARA VOCÊ MESMO

A Fly Lady sugere que você escreva pequenos lembretes em post-its e cole-os no espelho do banheiro e em cima da pia na cozinha. A ideia é te lembrar dos hábitos que você está tentando estabelecer. Atualmente utilizo um app no celular para fazer esse tipo de anotação, o ColorNote. Lá anoto todas as tarefas que preciso fazer, estabeleço datas de vencimento e ele me avisa através de notificações na minha tela inicial. Para as tarefas de todo dia é só digitar na data de vencimento “todo dia”.

4- LIVRE-SE DOS HOT SPOTS

Hot spot é o termo usado pela Fly Lady para se referir aqueles locais das nossas casas que sempre são esquecidos e viram acumuladores de bagunça. Geralmente é aquela mesa da cozinha, aquele móvel perto da entrada da casa, etc. Para se livrar dessa bagunça, a Fly Lady sugere que todos os dias a gente estabeleça 2 minutos no timer e elimine um hot spot. Então bora apagar os focos de incêndio!

5- SEPARE SUA ROUPA PARA O DIA SEGUINTE

O tempo de manhã parece passar mais rápido do que qualquer outro durante o dia, então um hábito que a Fly Lady nos sugere é separar a roupa que iremos vestir no dia seguinte. Faça assim: antes de deitar escolha a roupa e deixa em algum lugar separado, como uma cadeira, gancho do banheiro ou porta do armário.

6- ARRUME SUA CAMA

Uma cama arrumada faz o quarto parecer mais organizado e aposto que você não vai levar nem dois minutos nessa tarefa. Eu gasto em média 1:30. 

7- COMECE A CONSTRUIR SEU CONTROL JOURNAL COM AS ROTINAS DIÁRIAS

Lembra daquele fichário e daquelas folhas de papel que eu falei lá no início? Então! Você irá usá-los a partir de agora para começar a construir o que a Fly Lady chama de Control Journal. Se você optou pelo Evernote ou similiar, crie uma nota.

O Control Journal vai ser o lugar em que você irá juntar todo o material que irá construindo sobre o sistema Fly Lady, incluindo rotinas, lembretes e listas, combinado?


A primeira coisa que iremos colocar no Controul Journal será sua rotina diária (matinal e noturna).

A rotina de cada pessoa é única, mas não comece com coisas demais. Faça uma lista de poucos itens, uns 3 ou 4 e à medida que for se sentindo segura, vá aumentando progressivamente até o seu limite. Passinhos de bebê, ok? Então contenha a ansiedade. Minha sugestão é você colocar em sua rotina as coisas que tem feito até agora. Um exemplo seria:

Rotina Matinal
1.Arrumar a cama;
2.Tomar banho, vestir-se, calçar sapatos, passar protetor solar e batom;
3.Eliminar um Hot Spot por dois minutos;
4.Checar os lembretes.

Rotina Noturna
1.Fazer a pia brilhar;
2.Separar as roupas para a manhã seguinte;
3.Eliminar um Hot Spot por dois minutos.

8- LIVRE-SE DA TRALHA (DECLUTTER) POR 15 MINUTOS

A Fly Lady nos diz que “O segredo para se manter organizado é livrar-se da tralha.” Ideia muito parecida com a divulgada pela japonesa Marie Kondo, não é verdade? Assim como Kondo, a Senhora Fly defende que devemos manter apenas objetos que nos trazem felicidade. Ou seja, livre-se do que você não ama!

Para se ver livre da tralha, porém, a Fly Lady (que é americana) pensa diferente de Marie, pois sugere que este seja um processo contínuo e não realizado de uma só vez como prega a japonesa.

Eu me identifico mais com o pensamento da Fly Lady e aposto que vocês também: No Japão, as casas geralmente são bem pequenas, então ser capaz de eliminar a tralha toda de uma vez é aceitável. Porém do lado de cá do mundo, não acho a ideia viável. Quase sempre temos coisas de mais e tempo de menos, não é verdade?

A Fly Lady sugere que reservemos um tempinho todos os dias para livrar-se da tralha (declutter). Escolha um cômodo, estabeleça 15 minutos no seu timer e só pare quando ele tocar.

Mais um hábito para o nossa rotina diária, certo? Pegue seu control jornal e atualize:

Rotina Matinal
1.Arrumar a cama;
2.Tomar banho, vestir-se, calçar sapatos, passar protetor solar e batom;
3.Eliminar um Hot Spot por dois minutos;
4.Checar os lembretes.
5.Livrar-se da tralha por 15 minutos.

9- ANOTE SEUS COMPROMISSOS NA AGENDA (CALENDÁRIO)

A Fly Lady recomenda que você tenha um lugar para anotar os seus compromissos, pode ser um calendário pendurado na porta ou uma agenda. Eu utilizo o Google Calendar, uma versão de agenda online que pode ser acessada de qualquer lugar, inclusive pelo celular.

A agenda deve conter todos os eventos a serem realizados em uma data específica ou por um tempo específico. Dessa forma, anote em seu calendário: consultas médicas, eventos, reuniões, aniversário de familiares e amigos, etc. E não se esqueça de colocar em sua rotina diária a tarefa de consultar sua agenda.

Rotina Matinal
1.Arrumar a cama;
2.Tomar banho, vestir-se, calçar sapatos, passar protetor solar e batom;
3.Eliminar um Hot Spot por dois minutos;
4.Checar os lembretes.
5.Livrar-se da tralha por 15 minutos
6.Checar a agenda.

10- SIGA OS 11 MANDAMENTOS DA FLY LADY

A Fly Lady tem 11 mandamentos que devem ser sempre lembrados durante o seu progresso no sistema. Então anote os mandamentos abaixo em uma folha ou em uma nota do seu Control Journal (CJ) para nunca esquecer.

1- Mantenha sua pia limpa e brilhando.
2- Vista-se toda manhã, mesmo que você não se sinta bem para isso. Não se esqueça de colocar sapatos.
3- Faça suas rotinas: matinal e noturna.
4- Não deixe o computador lhe distrair.
5- Observe as suas atitudes. Se tirou algo do lugar, ponha de volta.
6- Não tente fazer dois projetos de uma vez. UM TRABALHO POR VEZ.
7- Não coloque fora mais coisas do que você pode devolver em 1 hora.
8- Faça alguma coisa por você todos os dias. Talvez a cada manhã e noite.
9- Trabalhe o mais rápido que você pode. Isto te dará mais tempo para divertir-se mais tarde.
10- Sorria, mesmo quando você não estiver disposta a isso. Um sorriso é contagioso. Faz sua mente ficar feliz e você será feliz.
11- Não se esqueça de gargalhar todos os dias. Mime você mesma. Você merece.

VAMOS VOAR (FLY)!

Se você não sabia por onde começar a organizar sua casa, agora já sabe! Siga sua rotina diária, siga os 11 mandamentos e tenha em mente que:

– Você não precisa (nem deve) limpar sua casa como sua mãe ou avó fazia.
– Sua casa não ficou desorganizada de um dia para outro e não ficará organizada em um passe de mágica. Então não tente realizar tudo de uma só vez, você vai ficar irritada e odiar o sistema.
– Progresso, não perfeição. Um passo (hábito) de cada vez. Lembre-se: passinhos de bebê (babysteps).
– Os hábitos não são automáticos, sendo assim calendário, rotinas e lembretes devem ser consultados todo santo dia.

 

Dicas para montar um espaço para leitura em casa

Tenha em casa um espaço para leitura, que pode ser montado em cada cantinho da casa, e que vai agradar a toda família, em especial a criançada.

Ler é um hábito de vida muito saudável, e que abre as portas para um mundo interminável de conhecimento e aprendizado, e que se inicia logo nos primeiros anos escolares, aonde cada um de nós aprende a magia das palavras, e como elas mudam tudo ao nosso redor.

Este hábito da leitura deve ser sempre incentivado, principalmente entre a criançada, que a cada dia mais se envolve com o mundo virtual, e com isso acaba ficando preso na frente das telinhas.

E para ajudar nesta etapa podemos criar em casa um espaço para leitura, que pode ser usado por crianças e adultos, e vai se tornar um cantinho de lazer e entretenimento para inúmeras ocasiões.

Dicas para montar um espaço para leitura em casa

Um espaço para leitura é um ambiente que pode ser montado em qualquer cantinho da casa, como na sala de estar, no quarto ou na varanda, e que vai oferecer conforto na hora de ler um bom livro.

No local deve ser colocado um sofá, poltrona ou cadeira, de preferência bem confortável, para que as horas de leitura sejam vividas de maneira suave e bem tranquila.

Ao lado pode ser colocada uma estante com livros, um porta-revistas ou uma mesinha de cabeceira, para acomodar livros e revistas de assuntos variados.

A iluminação do ambiente também é fundamental, e deve ser planejada para garantir bom conforto visual, e pode ser conseguida com a montagem do espaço para leitura em um local mais arejado, ou com o uso de abajures e luminárias.

E uma dica de local ideal para começar a montar o espaço da leitura é no quarto das crianças, que desde pequenas podem ser incentivadas com a leitura de historias por seus pais, e que depois vão se interessando cada dia mais pelos livros e revistas.

Desta forma toda família poderá aproveitar o espaço para leitura, e com isso terá muitas horas para deixar a imaginação e o conhecimento se espalharem pela casa.

Imagens de espaços para leitura

E abaixo vocês conferem mais algumas imagens de espaços para leitura, que podem ser montados aí na sua casa:

Fonte: Decoração e Arte

 

COMO ACABAR COM AS TRAÇAS

Está sofrendo com as traças em casa?

No post de hoje do Blog da Imobiliária Razão, veja como acabar de vez com as traças.

As traças adoram tecidos naturais, como a lã (Foto: Thinkstock)

As traças são um dos tipos mais comuns de pragas domésticas e urbanas. São fáceis de identificar: na fase jovem, aparecem como larvas dentro de casulos achatados que ficam grudados em armários e paredes. Quando adultas, viram insetos que medem cerca de 1,3 cm.

Há basicamente três tipos de traças: as que danificam roupas, as que preferem papeis e livros, e as que invadem embalagens de comida. Elas se alimentam de amido, açúcares e proteínas. Nas roupas, as traças buscam resíduos da escamação da pele, fios de cabelo e oleosidade do corpo. “Elas vão onde há mais transpiração e contato da pele com a peça de roupa. Por isso, o ponto mais comum dos furinhos na roupa é na área da barriga, em torno umbigo, onde há contato forte com tecido e, por isso, a transpiração por lá também é grande”, explica o biólogo e mestre em saúde pública da Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (Aprag) Sérgio Bocallini.

A traça adulta pode medir até 1,3 cm,
e na fase larval ela fica em um casulo
(Foto: Wikicommons)

Está cansado de perder suas peças favoritas para essas pragas? Esqueça os métodos caseiros como usar extratos de cravo, lavanda, alecrim, entre outros. Segundo o especialista, só há um único método caseiro para acabar com traças: aspirar a casa, móveis e frestas de paredes. “Estes insetos se abrigam em armários, rodapés, sancas de gesso, e outros lugares que acumulam poeira e cabelo. Lá as traças têm alimento e abrigo para reproduzirem”, explica. Ele destaca ainda é preciso intensificar os cuidados nos períodos mais quentes do ano quando as traças estão mais ativas.

Outras formas de evitar traças
Roupas: o principal é não guardar as peças usadas de volta no guarda-roupa. Lave-as e coloque para secar ao sol, pois o astro é um excelente germicida e consegue eliminar os ovos.

Livros: periodicamente tire-os da estante e abra suas páginas. Limpe a estante ou armário e coloque-os novamente.

Alimentos: verifique a validade – os que estão guardados há mais tempo são mais propensos. No supermercado, fique atento à integridade das embalagens: se estiverem perfuradas, não compre, pois já podem estar infectadas.

A hora de chamar um dedetizador
Se mesmo com a aspiração e os cuidados acima as traças ainda aparecerem, é a hora de chamar um especialista. “Se o problema persistir, ou se a infestação for grande, é preciso contratar um dedetizador para aplicar inseticidas de controle”, indica Sergio Bucalini. Os produtos químicos não estão à venda para o consumidor, apenas para profissionais.

Fonte: Casa e Jardim

Jardins pequenos para casas e apartamentos

jardins pequenos

Fique por dentro das tendências de jardins pequenos com 50 exemplos em casas e apartamentos

Muitas pessoas tem o desejo de possuir uma área verde na sua residência, por isso os jardins pequenos vêm tomado espaço na área de decoração e paisagismo. Para fazer um jardim bonito não é preciso muitos gastos, basta organizar por etapas os itens essenciais e ter um bom gosto na escolha das plantas e acessórios que irão compor. Continue lendo “Jardins pequenos para casas e apartamentos”

Checklist do primeiro apartamento: O que preciso comprar?

Sair da casa dos pais e montar o primeiro apartamento ou casa não é tarefa fácil. Quando essa mudança acontece sem um parceiro ou parceira, o morador solteiro acaba recorrendo aos parentes mais próximos, que vão ajudar na hora de fazer a lista com os itens básicos de um enxoval, o conjunto de objetos e apetrechos que todo mundo precisa para viver de maneira confortável em um lar. Continue lendo “Checklist do primeiro apartamento: O que preciso comprar?”

36 Enfeites de Natal Criativos para uma Decoração Exclusiva

Preparar a casa para o Natal é uma das épocas preferidas de muita gente. Nada como ver as ruas com casas iluminadas e enfeitadas para o natal. É uma época de muita união e amor entre as pessoas e isso deve refletir na decoração da casa. Investir em enfeites de natal perfeitos é essencial, mas nem sempre o orçamento ajuda. Continue lendo “36 Enfeites de Natal Criativos para uma Decoração Exclusiva”

Glossário do mercado imobiliário

Como em toda profissão, sempre há uma linguagem técnica própria e para o corretor de imóveis não é diferente. Pesquisamos palavras que fazem parte do dia-a-dia do corretor e destacamos algumas palavras de A a Z.
Confira abaixo as palavras do Glossário Imobiliário:

Alienação fiduciária

É a transferência, do devedor para o credor, de um bem móvel ou imóvel em garantia do pagamento da dívida. O devedor fica com a posse direta do bem para seu uso, e o credor detém a posse indireta do bem, que fica em seu domínio. Depois de quitar o empréstimo, o comprador adquire a propriedade definitiva do bem.

Benfeitorias

Obras ou serviços realizados em um imóvel ou condomínio, visando sua conservação e/ou melhoria.

Barrilete

Nas instalações hidráulicas de prédios, a canalização principal, que se localiza em nível abaixo do reservatório (caixa d’água) e geralmente é provido de registros, para a distribuição da água às várias colunas em prumada.

Crédito Imobiliário

Crédito especializado, dirigido ao financiamento habitacional.

Disponível em dois sistemas:

a) SFH – Sistema Financeiro da Habitação: para operações de cunho social, voltado especialmente para classes sociais mais pobres;

b) SFI – Sistema de Financiamento Imobiliário: para operações de cunho comercial, subordinado às taxas de mercado, podendo constituir garantias sob a forma de hipoteca ou alienação fiduciária do imóvel financiado.

Denúncia vazia

Rompimento de contrato de locação feito pelo locador por conveniência própria, sem necessidade de apresentar justificativas para a retomada do imóvel. Quando aplicável, a denúncia vazia obriga o inquilino a desocupar o imóvel em um prazo de 30 dias. Atualmente aplica-se a contratos residenciais de 30 meses já vencidos, e também a locações com mais de cinco anos consecutivos.

Escritura

Ato jurídico, lavrado em Cartório, em que o vendedor transmite ao comprador a posse e domínio de imóvel quando integralizado o preço. É necessário que a escritura definitiva seja registrada junto ao Serviço de Registro de Imóveis da circunscrição do imóvel para que a propriedade seja regularmente transferida.

Flat

Edifício com administração pára-hoteleira, que oferece a seus moradores e hóspedes, infra-estrutura e serviços semelhantes aos existentes em um hotel. Geralmente conta com um conjunto de unidades decoradas e mobiliadas de forma padrão, que se destinam à hospedagem (unidades do pool de locação), cuja receita global é rateada entre todos os proprietários dessas unidades, denominados investidores. 2. Designação usual de cada apartamento de um flat.

Gazebo

Espécie de quiosque pequeno, construído no jardim de uma edificação, cuja estrutura pode ser composta de alumínio, ferro ou madeira, e fechamento em vidro ou treliças. O gazebo pode se destinar à convivência social, relaxamento e/ou lazer.

Habite-se

Autorização dada pela prefeitura para que se possa ocupar e utilizar um imóvel recém-construído ou reformado. A autorização só é emitida depois de o imóvel ter sido vistoriado por fiscais de obras. Esses profissionais comparam a construção com o projeto anteriormente aprovado, e de serviços públicos (corpo de bombeiros, companhias de luz, gás, água e esgotos).

Hipoteca

Colocação de bens imóveis e móveis (como aviões e navios) como garantia de pagamento de uma dívida. O devedor detém a propriedade e a posse do imóvel, que poderá ser tomado pelo credor por meio de execução judicial ou execução extrajudicial.

ITBI

Imposto de Transmissão de Bens Imóveis ou Imposto de Transmissão Intervivos em alguns municípios. Tributo gerado pela transação imobiliária e cobrado pela prefeitura sempre que há transmissão de propriedade de bens imóveis. O recolhimento dessa taxa, que varia de acordo com a legislação estadual, é de responsabilidade do comprador.

Joint venture

União de risco Contrato entre partes para, em associação, desenvolver um projeto. Não configura uma fusão ou incorporação

Loft

Tipo de apartamento ou casa com planta diferenciada, onde os espaços são abertos, integrados e quase sem paredes para delimitar um cômodo.

Laudêmio  

Imposto pago a cada transação de compra e venda por qualquer imóvel que esteja em área da União, como aqueles que se localizam na orla marítima. Quando alguém decide vender um imóvel que esteja em área da União, precisa pedir uma certidão de ocupação ou aforamento (conforme a classificação do terreno) à gerencia regional da Secretaria do Patrimônio da União, órgão ligado ao Ministério do Planejamento. Sem essa certidão, os cartórios de notas e registro de imóveis estão impedidos, por lei, de lavrar e registrar a escritura.

Market timing

Avaliação do momento em que se deve comprar ou vender investimentos financeiros, em face de fundamentos que aconselhem a execução de uma decisão. Os fundamentos mais avaliados são a força da economia e a tendência da taxa de juros, ou a tendência dos preços das ações e os volumes de negócios com ações. Em outros mercados, indicações técnicas adquirem importância específica.

Nota promissória 

Documento escrito e solene, pelo qual alguém (emitente) se compromete a pagar determinada quantia, em determinada data, a determinada pessoa física ou jurídica (beneficiário).

Oferta Pública

Distribuição de títulos e valores mobiliários junto ao público investidor Colocação junto ao público de determinado número de ações de uma companhia.

Período de silêncio

Período de tempo que antecede os lançamentos de ações por oferta pública ou divulgações de informações relevantes (resultados trimestrais ou anuais), durante o qual não é permitida qualquer manifestação na imprensa, até a publicação do anúncio de encerramento por parte da companhia emissora, do ofertante, das instituições financeiras intermediárias e de qualquer pessoa envolvida ou a publicação do fato relevante.

Quorum

Quantidade mínima obrigatória de membros presentes, ou formalmente representados, para que uma assembleia possa deliberar e tomar decisões válidas. O termo se aplica às assembleias de condomínio, onde é necessário um número mínimo de condôminos para determinadas decisões serem tomadas.

Retrovenda 

Em contrato de compra e venda de imóvel, cláusula segundo a qual o vendedor reserva o direito de recomprar o bem, em certo prazo, sob a condição de restituir ao comprador o preço, bem como todos os gastos efetuados no imóvel, como melhorias, por exemplo.

Tabela Price

Tabela para cálculo de prestações de um financiamento, também chamada de Sistema Francês de Amortização. Como em outros sistemas, cada prestação é resultante de duas partes: uma de amortização da dívida principal e outra de juros. O método de cálculo da Tabela Price consiste em manter prestações constantes, sendo que, ao longo do prazo de financiamento, a parte da amortização aumenta, enquanto a participação dos juros decresce. A tabela também é muito utilizada para cálculo de imóveis de lançamento.

Usucapião

Forma derivada de aquisição da propriedade relacionada a determinado bem, pressupondo perda do domínio pelo dono em benefício de outrem, através da posse contínua, pacífica ou incontestada, pelo tempo estipulado em lei e suscetível da prescrição aquisitiva, entendendo-se renúncia presumida o abandono da coisa pelo dono.

Valor atual

Importância equivalente, hoje, às quantias que serão recebidas ou pagas no futuro, descontando-se a taxa de juros que será aplicada ao longo do prazo de pagamento. O mesmo que valor presente.

Valor Comprometido

É o valor máximo que o investidor se compromete a integralizar no Fundo, integralização esta que se dará conforme forem sendo feitas as chamadas de capital pelo administrador, mediante aprovação do Comitê de Investimentos do Fundo. Estas chamadas de capital têm que ocorrer no período de investimentos do Fundo.

Valor de mercado

Representa o valor de compra e venda de um determinado imóvel, pela interação de oferta e procura. Valor que decorre das leis de mercado.

Zoneamento

Disciplina o uso e a ocupação do solo, as atividades de urbanização, dispondo sobre o parcelamento do solo. 2. Divisão de um município em zonas com características urbanísticas específicas, como destinação, atividades e tipos de construção permitidos.

E você, conhece alguma outra palavra do mercado imobiliário que faz parte do cotidiano e que poucas pessoas sabem?

Deixe seu comentário!

Continue lendo “Glossário do mercado imobiliário”

Como deixar a casa mais segura

Não é de hoje que a segurança da casa se tornou um dos itens de primeira necessidade. Se antes as travas e portas reforçadas bastavam para tentar afastar os ladrões, agora isso não os intimidam mais. É preciso reunir diversas armadilhas para dificultar ao máximo a ação deles.

Sair de casa e ter certeza que tudo estará do mesmo modo na hora da chegada recompensa qualquer investimento feito nesse sentido. Pode parecer exagero, mas, em algumas localidades brasileiras o furto e o roubo têm se tornado notícia corriqueira. Então, se prevenir é o melhor o remédio.

Reunimos aqui algumas dicas para quem está pensando em investir em sistemas de segurança.

Continue lendo “Como deixar a casa mais segura”