Flat x Loft x Studio: Entenda a diferença entre eles.

Você sabe qual é a diferença entre esses três tipos de apartamentos? NÃO? Então descubra a resposta neste artigo que a Imobiliária Razão preparou pra você.  
 
O fato é que os imóveis estão cada vez menores, o que exige um melhor aproveitamento de suas áreas privativas. Mas o que um loft tem de diferente de um studio, por exemplo? Vamos entender a diferença entre cada um deles. 
 
Flat: O flat, também chamado de apart-hotel, é um tipo de imóvel caracterizado pela disponibilidade de serviços de hotel, como recepção, lanchonete, lavanderia, segurança e limpeza, que são cobrados junto às taxas de condomínio. Além dessas facilidades, eles também contam com divisões específicas de sala, quarto, banheiro e até cozinha.  
 
Em geral, esses imóveis privilegiam o bom fluxo dos moradores, que costumam contar com um padrão arquitetônico muito mais dinâmico, contemporâneo e moderno. Podem ser comprados para moradia permanente, mas o mais comum é vermos contratos de locação para estadia temporária por parte de empresários e profissionais liberais nas áreas centrais dos grandes centros urbanos.

(Imagem: Flat)

Loft: O loft é considerado como uma moradia contemporânea e seu conceito segue em alta. O curioso é que esses tipos de apartamentos surgiram há muito tempo, na década de 60, se tornando modelos consagrados em Nova Iorque.  
 
Os lofts surgiram em função da reciclagem de edifícios comerciais antigos, que não atendiam mais às necessidades ou por conta de mudanças no zoneamento das metrópoles. Normalmente são derivados de antigos galpões, armazéns ou depósitos em bairros industriais que foram transformados em áreas residenciais. Isso garante a característica de serem imóveis amplos, sem paredes que dividem o local e com o pé-direito duplo, muito usual em edificações da época.  
 
O modelo de construção ser antigo não garante o aspecto antigo, muito pelo contrário, os lofts geralmente são muito bem reformados e seguem como sinônimos de modernidade. 

(Imagem: Loft decorado)

Studio: Diferente dos lofts, os studios apresentam mais divisões internas. Eles têm cerca de 30 m² e podem dispor de um dormitório delimitado com paredes.  
 
A característica do studio está ligada também à sua localização. Centralizado em áreas estratégicas da cidade, onde existe uma boa infraestrutura de lazer, serviços e transporte. Edifícios que têm imóveis deste tipo costumam oferecer facilidades como lavanderia coletiva, áreas sociais, como salão de jogos, piscina e até mesmo academia. A cozinha americana é integrada à área social e o pé-direito costuma ser acima do padrão.  
 
Os moradores de studio são predominantemente pessoas solteiros ou casais jovens que buscam conforto e praticidade para seu dia a dia. 

(Imagem: Studio)

Ficou fácil entender qual a diferença entre eles? Mesmo que possam ser semelhantes, cada um têm as suas especificidades, e variam um pouco seu público consumidor. Na hora de encontrar seu imóvel é sempre bom conferir todas as opções do mercado.  

CredPago: nova parceira da Razão garante aluguel mais rápido e sem fiador

Está em busca de um imóvel para alugar, mas gostaria de mais facilidade? 

CredPago é uma garantia locatícia apenas para pessoa física se define como como uma startup que rompe barreiras no mercado de locação de imóveis, diminuindo custos e eliminando processos burocráticos. Seu objetivo é facilitar o acesso à moradia, baixando a régua de preços das garantias pagas e levando mais liberdade para quem quer alugar sem precisar de fiador. 

Como funciona? 

  1. Você escolhe o imóvel que existem em nossa base de dados e envia dados pessoais. 
  1. O corretor preenche na hora seus dados na plataforma CredPago e, em menos de 1 minuto, você tem a resposta da análise de crédito. 
  1. Se aprovado, o inquilino receberá um e-mail para que aceite os termos e prossiga para o pagamento das taxas CredPago. 
  1. Após aceitar os termos, você definirá a forma que irá efetuar o pagamento da taxa inerente à locação, que ficará no valor de 10% do aluguel acrescido de eventual taxa incluída no cálculo. O pagamento poderá ser da seguinte forma:  

– TED, em uma única vez; 

– Boleto, em uma única vez; 

– Cartão de crédito, parcelamento em até 12 vezes; 

*Além da taxa de 10% que é cobrada para garantir a locação, será cobrado uma taxa pela contratação (setup) parcelável em 3 vezes. 

Além das vantagens para o inquilino, a CredPago também leva ganhos aos proprietários! Ele receberá o valor do aluguel em poucos dias, além de maior agilidade para local o imóvel, já que o processo é feito sem burocracia! 

 

E aí, entendeu como funciona? Se você ainda estava dúvida se era possível alugar um imóvel de forma ágil, apostamos que se sentiu mais aliviado ao saber que a CredPago e a Razão podem te ajudar! 

Quer saber mais detalhes? Entre em contato com a gente!  

(41) 3028-2030 | (41) 99706-3735 

 

Acessibilidade em imóveis: uma questão de amor ao próximo

Quem não sofre de nenhum tipo de deficiência nem se dá conta de como pequenas coisas do dia a dia podem ser complicadas. Tipo subir uma escada se você é cadeirante, ou mesmo passar por uma porta estreita demais para a cadeira.

Só quem convive com uma deficiência ou com uma PCD (pessoa com deficiência) sabe quanto a acessibilidade é importante. Isso vale para todas as áreas, claro, afinal a sociedade nunca deve excluir as minorias: as soluções precisam ser para todos.

E isso se aplica também no mercado imobiliário: desde o início do ano passou a vigorar o decreto nº 9.451/2018, que regulamenta o artigo 58 da Lei Brasileira de Inclusão (nº 13.146/2015) e prevê que todas as unidades de novos empreendimentos residenciais de edificação sejam adaptáveis às necessidades de acessibilidade de pessoas com deficiência. O decreto também prevê que a construtora deve ser responsável por essas adaptações, se necessárias.

Na prática, o decreto enriquece o conteúdo do artigo 58, que já exigia que as construtoras e incorporadoras assegurassem que um percentual mínimo de suas unidades fossem internamente acessíveis,e que nenhum valor adicional deveria ser cobrado na aquisição delas.

Essa solução acabava ficando aquém do ideal: as construtoras limitavam as unidades acessíveis ao térreo, ou a unidades desvalorizadas de um empreendimento, o que vai contra o princípio mais básico da inclusão social que é não segregar nenhuma minoria.

Com o decreto que passou a vigorar este ano, todas as unidades de novos empreendimentos devem possuir características construtivas que permitam adaptações a fim de garantir acessibilidade, sem prejudicar as instalações nem a estrutura da edificação.

Isso inclui, por exemplo, largura mínima de portas e corredores, altura adequada de janelas, instalação de maçanetas tipo alavanca, barras de apoio nos banheiros, reforço nas paredes onde elas forem aplicadas e até equipamentos de comunicação – como interfone, campainha e alarme – acessíveis para todos.

E isso vale para qualquer andar. Se um cadeirante quer morar no 17º andar de um prédio que ainda será construído, ele deve poder fazer isso. Cabe à construtora oferecer os recursos para que os ajustes necessários sejam feitos, sem custo extra ao comprador e sem danos à estrutura do empreendimento.

Aqui na Imobiliária Razão, nos preocupamos muito com acessibilidade. A chamada “melhor idade” quer viver com conforto e segurança, e é nosso dever encontrar imóveis que possam suprir estas necessidades.

A mudança da lei é muito recente, então estamos dando um passo de cada vez. Em um primeiro momento, fazemos o possível para apresentar aos clientes interessados imóveis de nível único, apartamentos térreos ou com garden, e imóveis/condomínios que já possuam estrutura de acessibilidade, ou ofereçam condições simplificadas de adaptação.

Em alguns casos, basta um pouco de boa vontade do proprietário: instalação de barras fixas em banheiros e escadas, exclusão de desnível entre cômodos ou banheiros, maçanetas tipo alavanca… são coisas simples de resolver, que fazem uma baita diferença na qualidade de vida de idosos e PCD.

 

Vamos passar a oferecer esse tipo de sugestão para proprietários, afinal, uma casa acessível para PCD torna-se uma casa que tem mais potencial de ser vendida ou alugada. É um negócio bom para todo mundo, especialmente para quem precisa.

Mas a acessibilidade também se faz presente nas pequenas coisas: a facilidade no atendimento, seja online ou presencial. Nos esforçamos para atender aos nossos clientes da melhor maneira possível, e vamos continuar investimento em recursos e ferramentas que tornem a Imobiliária Razão cada vez mais próxima, mais acessível.

Cada pequena iniciativa faz diferença nessa luta, e nós estamos fazendo a nossa parte, um pouquinho de cada vez. Quando se fala em acessibilidade, estamos do lado de quem importa: as pessoas.

Ponto comercial próprio: um sonho que é possível!

Ter um ponto comercial próprio é o sonho de muitos empresários, de todos os tamanhos e ramos de atuação. Ser o dono do seu espaço não é apenas uma conquista, um sinal de prosperidade, mas principalmente uma maneira de livrar-se de dores de cabeça como variações no preço do aluguel e possíveis problemas com cláusulas contratuais questionáveis, proprietários encrenqueiros, e por aí vai.

Continue lendo “Ponto comercial próprio: um sonho que é possível!”

Aluguel para estudantes em Curitiba: dicas para escolher o imóvel ideal

Curitiba tem diversas universidades renomadas: UFPR, PUC, UTFPR, Universidade Positivo, Tuiuti, entre outras. Isso atrai um grande número de estudantes todos os anos, que sonham em passar no vestibular e iniciar uma vida acadêmica promissora.

Para quem já vive na capital paranaense, isso não é tao complicado, mas há muitos jovens que vêm de outras cidades — e mesmo de outros estados — para prestarem seus vestibulares por aqui. Se forem aprovados, passarão alguns anos por aqui.

Continue lendo “Aluguel para estudantes em Curitiba: dicas para escolher o imóvel ideal”

Torne-se um super anfitrião com essas dicas para receber visitas em sua casa

Receber visitas em casa é tudo de bom, né? Colocar o papo em dia, dar boas risadas, curtir uma comidinha especial.

Se você gosta de receber as pessoas em sua casa, ou quer passar a fazer isso assim que estiver no seu imóvel novo, confira nossas dicas que irão ajudá-lo a tornar sua casa mais aconchegante e hospitaleira, de um jeito que todo mundo vai querer voltar!

Continue lendo “Torne-se um super anfitrião com essas dicas para receber visitas em sua casa”